Sobre

A “RESERVA SOLAR” é uma empresa que ajuda o consumidor a reduzir o gasto com energia elétrica em sua empresa ou residência.

Fazemos uma análise do consumo para saber se é possível reduzi-lo com baixo investimento, sem diminuir o conforto dos consumidores.

MISSÃO

Auxiliar consumidores PF ( Pessoa Física ) e PJ ( Pessoa Jurídica ) a reduzirem seus gastos com energia sem que isto provoque diminuição do conforto para os consumidores, contribuindo de forma direta com a preservação do nosso planeta.

VISÃO

Ser uma empresa conceituada e reconhecida no mercado que atua por sua competência, profissionalismo e pelos resultados alcançados.

Como?

Em uma residência o maior vilão é o chuveiro elétrico. Uma família com quatro pessoas que costumam tomar um banho por dia com uma média de 15 minutos cada, consome 150 kWh por mês. (considerando um chuveiro de 5.000 kW de potência). Na região de Campinas, onde o preço do kWh está perto de R$ 0,60 estamos falando de um gasto mensal de R$ 90,00. Apenas com o chuveiro.

Não vale a pena usar o sistema Fotovoltaico para esquentar água. Caso a residência tenha telhado suficiente para ter os dois sistemas, a solução completa fica mais barata.

Para isto, contamos com parceiros consagrados no mercado para executar um serviço de qualidade na instalação do sistema de aquecimento solar.

As lâmpadas também podem contribuir muito no consumo total. Isto se elas forem incandescentes, florescentes e se ficarem ligadas por um bom período.

Contamos com fornecedores das modernas lâmpadas de LED, que iluminam muito com um consumo baixíssimo, além de serem mais duráveis.

Por fim, fazemos um projeto para implantar o sistema fotovoltaico e reduzir em até 95% do valor pago pela energia. Só não é de 100% pela obrigação do pagamento de um consumo mínimo na concessionária.

Trabalhamos com as melhores marcas de equipamentos disponíveis no mercado. Todas homologadas pelo INMETRO. Dado importante, pois é um sistema com vida útil longa (é garantido que a produção de energia de um módulo com 25 anos seja no mínimo 80% do que este módulo produzia quando novo), podendo chegar a 30 anos.